20 de abr de 2011

CIDADANIA ATIVA É CONHECER SUA CIDADE CURITIBA

HISTÓRIAS E ESTÓRIAS DE CURITIBA
Fabio Mello Fagundes, Administrador
e Historiador 
No dia 29/03/2011, data do 318o. Aniversário de nossa Cidade, a JCI Curitiba recebeu a visita de possíveis membros para conhecerem um pouco mais da Organização, bem como exercitar sua Cidadania Ativa por meio da palestra “Histórias e Estórias de Curitiba” de autoria do Diretor de Crescimento e Presidente 2012 Fabio Mello Fagundes.

É sempre bom ouvir histórias da cidade onde se vive. Principalmente quando não se sabe até onde é história ou estória, ou seja, até onde ocorreu de fato, ou é apenas lenda. 
Catedral de Curitiba/Praça Tiradentes
Ao longo da palestra foram explicados pontos como a origem do nome da cidade Curitiba, do tupi-guarani, Kut It Yba (Kurityba), onde kut significa pinhão, yt árvore e yba grande quantidade. Ou seja, o significado do nome Curitiba (Kurityba) é grande quantidade de árvore de pinhão ou grande quantidade de pinheiral. É interessante essa compreensão, pois próximo à Curitiba existem outras cidades que fazem referência ao pinhão, como é o caso da cidade de Pinhais e São José dos Pinhais. A explicação por essa adoração ao pinhão é simples: para os índios, durante o inverno, a forma principal de alimentação na região de Curitiba era o pinhão. Portanto, pinhão significava para fartura.

Foram citadas curiosidades sobre a cidade como o processo de construção da Catedral Basílica Menor de Curitiba, inspirada na Catedral da Sé de Barcelona, e que durante muito tempo foi só projeto. A obra só pôde ser erguida com ajuda do mestre de obras, o alemão Henrique Henning, especializado em grandes obras no seu tempo. Henrique é um personagem especial da cidade de Curitiba, pois foi responsável por obras como a catedral, o teatro São Teodoro (que depois mudaria de endereço e se tornaria teatro Guaíra), entre otras. 
Praça Santos Andrade

Contudo, sua existência foi turbulenta devido principalmente ao período histórico onde viveu. A Curitiba do final do século XVIII estava longe de ser o lugar mais tranqüilo para se viver, principalmente depois do estouro da revolução federalista de Gumercindo Saraiva, que tinha a intenção de romper com o governo do então Marechal Floriano Peixoto.

Platéia atenta à histórias e estórias
 de Curitiba
No meio de tudo isso, estava Curitiba, uma cidade que não tinha envolvimento algum com esta história, mas que estava no caminho entre o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro. Em 1893, diversos maragatos (os gaúchos da revolução federalista), entraram na cidade de Curitiba e solicitaram apoio e se não tivessem teriam que efetuar saques. Ou seja, Curitiba vivia tempos de pânico, onde algumas pessoas de imenso caráter brigavam para manter a paz e a continuidade da cidade.
Um grande exemplo de caráter deste período foi sem dúvida o Barão do Cerro Azul, que fez de tudo para manter a paz, mesmo sendo punido depois pelo Governo do Marechal Floriano Peixoto, com sua própria vida.

A JCI Curitiba está sempre de portas abertas a quem desejar conhecer nossa Organização e nossa Missão que é causar Mudanças Positivas. E para isso, nada melhor que termos muitas pessoas envolvidas. Te esperamos!!
Nossa linda e bela Cidade Maravilhosa Curitiba

Nenhum comentário:

APOIO